Guia definitivo - desenvolvimento ágil em 7 passos!

2 de jul de 2021

I

Guia definitivo: desenvolvimento ágil em 7 passos!

Saiba como começar a desenvolver softwares com metodologia ágil em apenas alguns passos.

Atualmente, é quase impossível prever como um sistema irá evoluir, as exigências dos usuários e o mercado mudam, novos desafios surgem. Como definir requisitos de projeto neste contexto? É preciso ser ágil para responder a esse ambiente fluido.

Fluidez significa mudanças e, quando mal gerenciadas e sem controle, podem custar caro. Em 2001, as metodologias ágeis nascem para sanar fraquezas do desenvolvimento convencional escrito por Kent Beck e mais 12 desenvolvedores, o chamado manifesto ágil.

Aqui estão 7 passos para você começar a implementar a metodologia ágil na sua cultura organizacional!

Manifesto ágil: valores e princípios

O ágil é uma declaração de valores, que busca melhores maneiras de desenvolver softwares, veja o é mais valorizado no manifesto:

  • Os indivíduos e suas interações acima de procedimentos e ferramentas;

  • O funcionamento do software acima da documentação;

  • A colaboração com o cliente acima de negociação e contrato;

  • A resposta às mudanças acima de um plano pré-estabelecido.

A partir disso, foram criados 12 princípios:

É importante ressaltar que esses princípios servem como direcionador de fremaworks ágeis, a principal característica do agile é ser flexível, logo o próprio processo deve ser. Ou seja, caso algo não atenda as suas demandas, basta fazer uma adaptação.
 

Onda ágil: entenda os benefícios

“Uma equipe ágil reconhece que o software é desenvolvido por indivíduos trabalhando em equipes e que as habilidades dessas pessoas, suas capacidades em colaborar estão no cerne do sucesso do projeto.”
Ivar Jacobson, cientista da computação e engenheiro de software.

O gerenciamento ágil é popular em outros segmentos, por todas as vantagens que traz para as organizações, como:

  • Ciclos de melhoria contínua: com o fluxo ágil, você tem ciclos de desenvolvimento mais curtos e que sempre estão sendo aprimorados;

  • Equipes em sintonia: times que trabalham com agile, são mais integrados e se comunicam melhor. Veja mais sobre o assunto assunto aqui;

  • Maior coordenação e visibilidade para a liderança: os papéis são mais bem definidos e os líderes mais próximos da equipe;

  • Menor tempo, maior qualidade: como são processos mais flexíveis e rápidos, a produção e qualidade dos produtos podem aumentar significativamente;

  • Processos visíveis: a equipe fica alinhada com os objetivos do negócio e tem documentação importante facilmente acessada, o que diminui retrabalhos e aumenta a eficiência.
     

1 Backlog: lista de prioridades e realizações em sprint

Backlog é uma lista de funcionalidades do sistema a ser desenvolvido, responsabilidade do Poduct Owner, como o escopo é aberto (entenda mais aqui), que prioriza e adiciona mais tarefas conforme houver necessidade.

Dessa maneira é possível reavaliar os requisitos, planos e resultados de forma contínua, durante o processo de desenvolvimento, isso é feito com entregas e interações constantes com o cliente até a entrega final

Essas interações são divididas em Sprints, sendo entregas constantes de até quatro semanas, com pequenos incrementos consumíveis e de valor.

Enquanto isso, o cliente é participante ativo durante o desenvolvimento e o projeto inteiro é mais flexível, atendendo as novas demandas que façam sentido para o resultado buscado, o gerenciamento de projetos, portanto, reflete a volatilidade do mundo real.
 

2 Comunicação e alinhamento com a equipe

O ágil prioriza as pessoas acima dos processos, para que as metodologias ágeis funcionem bem dentro da sua organização, os times devem estar alinhados e engajados com os processos ágeis.

Os valores ágeis devem ser inseridos na sua cultura, é ela quem vai definir o comportamento das pessoas e a capacidade de fazer entregas valiosas. Por exemplo, se a sua estrutura for rígida, gera times pouco flexíveis.

Por isso, é importante que a equipe inteira esteja sempre integrada e alinhada com os objetivos da empresa e, principalmente, com a cultura organizacional baseada em metodologias ágeis.
 

3 Torne tudo visível!

Todos da equipe devem saber o que está sendo desenvolvido, deixando visível o progresso do projeto e para onde ele está indo. Tornando as equipes mais colaborativos, onde todos podem se ajudar, já que sabem o que está acontecendo.

No Scrum, um framework ágil, existe a daily, reunião diária de até 15 minutos, para que todo o squad (de até 8 pessoas) fale de suas tarefas, são sessões que deixam visíveis os status de trabalho e que incentivam o aprendizado entre o time.

Abrindo o status do trabalho e as documentações preciosas do projeto para todos, a equipe começa a se planejar baseado em dados e não em opiniões ou achismos.
 

4 Planejamentos são essenciais

A metodologia ágil parte da premissa de ser flexível, entretanto isso não quer dizer que não são planejadas. É com um bom plano que você consegue mensurar as possíveis mudanças e se preparar para mudanças de requisitos.

Com um planejamento forte é possível de avaliar o cenário, mudar de estratégia, aprender com as falhas e aproveitar oportunidades, de forma rápida e sem gerar retrabalhos.
 

5 Product Owner: garanta a satisfação do cliente

Product Owner ou dono do produto, é a pessoa responsável por ter uma visão do produto na totalidade. Também gerencia os backlogs, priorizando as necessidades e compreendendo as expectativas.

É a pessoa que representa as demandas do cliente no projeto, defini o produto incrementando conforme o seu andamento e toma as decisões cruciais para o sucesso do projeto e a satisfação do cliente.
 

6 Desenvolva pessoas e otimize processos

Compromisso com a melhoria contínua é um dos princípios ágeis, isso quer dizer que produtos e processos devem estar sempre se aprimorando, para se tornar mais simples, rápidos e eficientes.

Seguindo nessa mesma linha de pensamento, desenvolver a sua equipe de TI também é uma estratégia de melhoria contínua. Você consegue ter equipes mais fortes, motivadas e com as skllis certas. Leia mais sobre o assunto aqui.
 

7 Faça retrospectivas para entender o que está funcionando

Lembre-se: os processos ágeis são flexíveis, logo devem estar em melhoria contínua e fazer retrospectivas é uma forma de juntar todo o time, conversar e entender quais são as dores e os bons resultados da última entrega.

Serve como um catalisador de mudança, o time, os líderes e, às vezes, os stakeholders participam para analisar as entregas e definir quais ações devem ser tomadas para otimizar os processos.
 

Agora você sabe tudo o que precisa para começar a desenvolver produtos digitais em menor tempo e com maior qualidade! Todavia, lembre-se: considere o seu contexto e que mudanças podem causar desconfortos no início.

Por isso, é muito importante que os líderes da sua empresa estejam empenhados e a equipe ciente de todos os benefícios que as metodologias ágeis trarão para elas. Quer saber como a Helpper pode te ajudar com times especialistas ágeis? Entre em contato!

Tecnologia, Inovação
O AUTOR
Time de Marketing

O marketing da Helpper é apaixonado por tecnologia e inovação! Tem como responsabilidade trazer as informações e conteúdos mais relevantes do mercado para os leitores!