Como construímos uma cultura empresarial forte com o RH fortalecido

30 de jul de 2021

I

Como construímos uma cultura empresarial forte com o RH fortalecido.

Proporcionar experiencias positivas para impactar na vida das pessoas!

Qual a imagem que a sua marca passa para os clientes internos? Com conceitos inseridos no DNA de uma empresa, é possível criar um ambiente que as pessoas sejam verdadeiramente felizes.

Com técnicas e práticas de employer branding, quando bem estruturados e aliadas dos RH, podem construir um lugar onde as pessoas querem trabalhar e se desenvolvam profissionalmente.

“A sua marca é o que as outras pessoas dizem sobre você quando você não está na sala” Jeff Bezos, fundador e CEO da Amazon
 

Qual o objetivo de uma marca empregadora?

Segundo o LinkedIn, uma das maiores ferramentas para busca por emprego, 49% das pessoas não mudam de emprego por não saberem como é a trabalhar na empresa.

Práticas de employer branding reforça os valores da empresa interna e externamente, também expõe a cultura organizacional, se posicionando como uma marca empregadora.

É possível atrair os melhores candidatos, 75% dos candidatos pesquisam sobre a reputação da organização antes de se candidatarem para a vaga de emprego (pesquisa do site Talentlyft).

Dessa maneira, o recrutamento e seleção de candidatos é facilitado, pois, atrai pessoas qualificadas, alinhadas com os valores organizacionais e que se interessam pela empresa (o famoso fit cultural).
 

Equipe alinhada com seus valores = promotores da sua marca

A maioria de pessoas tem maior interesse na cultura do que nos benefícios e os candidatos confiam mais no que os funcionários dizem que na empresa, por isso, o employer branding também deve ser aplicado internamente.

Ele vai trabalhar a sensação de pertencimento das pessoas da equipe, que se identificam com os valores e cultura da empresa, tornando-os verdadeiros promotores da marca.

Essa prática vai ajudar na retenção desses colaboradores e torna o ambiente de trabalho melhor para se trabalhar, formando times mais engajados e satisfeitos.

Com essa preocupação, a empresa ouve mais as pessoas e alinha as necessidades, uma vez que uma organização é feita de pessoas para outras pessoas, faz muito sentido ter práticas que valorizem quem está com a gente!

Isso impacta diretamente no crescimento da empresa, que vai oferecer serviços de maior qualidade para os clientes. Essa é o poder de uma equipe alinhada e satisfeita.
 

Marca empregadora: criando experiências positivas para as pessoas

Em 2020, a Helpper estabeleceu a meta de criar experiencias e interações que proporcionassem a equipe maior valor. Foi assim que entrei na empresa, como especialista de RH.

A minha primeira ação na empresa foi aplicar a pesquisa de clima organizacional, onde pudemos estabelecer os pontos fortes e o que precisa ser melhorado.

Nossos processos de recrutamento e seleção estão sendo aprimorados, ouvimos os nossos colaboradores (que já foram candidatos) e coletamos dados de pesquisas já existentes.

O onboarding, forma de integrar novos colaboradores, também passou por uma reavaliação, onde passamos a aplicar treinamentos sobre metodologias ágeis para que as pessoas entendam o fluxo de trabalho da Helpper.

Também fizemos uma série de treinamentos sobre feedbacks one a one, como ser assertivo e, com isso, será possível estreitar a relação entre os líderes e liderados.

Nesse sentido, reforçamos a cultura de compartilhamento aprendizados e desenvolver pessoas com a metodologia WHY Helpper, planejando mais treinamentos, workshops, talks, entre outros.

Vale ressaltar que existe uma grande preocupação na Helpper em ser cada vez mais inclusiva e diversa, por isso temos encontros periódicos para falarmos sobre temas sensíveis e de cunho social.

E é claro, Happy Hour do jeitinho que a equipe mais gosta não pode faltar, não é mesmo? Tenho de desafios culinários até sessão de jogos online.

Esses são alguns dos passos que a Helpper vem dando para construir uma marca empregadora forte e um ambiente de trabalho cada vez melhor.
 

Construir uma marca empregadora é um processo!

A prática do employer branding precisa ser acompanhado de planejamento e métricas que vão mensurar os resultados (que podem demorar muito para chegar!). Lembre-se: construir uma marca empregadora é um processo.

Mas é beneficial para todos e é recompensador! Afinal, trabalhamos com pessoas para impactar outras pessoas, não é?

Inovação, Carreira e Cultura
O AUTOR
Victoria Daglio

Especialista de RH na Helpper